Terra Boa

Fantasmas, espíritos e demônios...

17.07.18 | 04:01. Archivado en Espiritualidade

Há pessoas medrosas que acreditam em tudo, menos que foram salvas por Jesus. Outros vivem à merce da sua imaginação e pulsões instintivas que eles chamam de fantasmas, espíritos ou demônios. Estes vivem aterrorizados e, sem saber como se proteger, por isso apelam a tudo e por todos que puderem ajudar de algum modo.

Imaginação e pulsão são antigas na história dos humanos e precisamos entendê-las, para não sermos reféns delas.

Os pais do deserto, aqueles antigos cristãos dos primeiros séculos, sentindo e experimentando suas limitações, acorriam à solidão, para manter contato com o seu 'eu profundo e inconsciente' e se reconciliar com suas emoções e paixões. Tomando consciência do que eram, venciam seus 'fantasmas e demônios' e encontravam o meio de se manter erguidos, pela aceitação humilde da sua realidade humana. Como diz um antigo adágio do oriente: Uma árvore não fica de pé se não estiver profundamente enraizada na terra!

Aqueles homens e mulheres, em sua busca sincera, se viam iluminados pela Palavra de Deus que os libertava de seus medos e os conduzia à compreensão de seu verdadeiro ‘eu’.

Vale lembrar que o próprio Cristo, ao assumir a natureza humana, aceitou sua condição em tudo, menos no mal. E mesmo assim, o próprio Senhor foi tentado na solidão do deserto...

Ninguém vai ao deserto para fugir dos perigos externos, mas para se fortalecer e se enfrentar. No silêncio encontramos o mais fundo de nós mesmos, até o nosso inconsciente coletivo!

O ‘deserto’ é lugar de luta e pode ser encontrado quando silenciamos no meio das nossas cidades. No ‘deserto’ acostumam aparecer as próprias limitações disfarçadas de ‘fantasmas e demônios’. E eles só desaparecerão quando forem percebidos e acolhidos. O Senhor Jesus nos ama como somos!

Se temos medo da nossa realidade é porque ainda não a conhecemos nem a acolhemos com carinho!

Uma pergunta: Você se conhece em profundidade?


Opine sobre la noticia con Facebook
Opine sobre la noticia
Normas de etiqueta en los comentarios
Desde PERIODISTA DIGITAL les animamos a cumplir las siguientes normas de comportamiento en sus comentarios:
  • Evite los insultos, palabras soeces, alusiones sexuales, vulgaridades o groseras simplificaciones
  • No sea gratuitamente ofensivo y menos aún injurioso.
  • Los comentarios deben ser pertinentes. Respete el tema planteado en el artículo o aquellos otros que surjan de forma natural en el curso del debate.
  • En Internet es habitual utilizar apodos o 'nicks' en lugar del propio nombre, pero usurpar el de otro lector es una práctica inaceptable.
  • No escriba en MAYÚSCULAS. En el lenguaje de Internet se interpretan como gritos y dificultan la lectura.
Cualquier comentario que no se atenga a estas normas podrá ser borrado y cualquier comentarista que las rompa habitualmente podrá ver cortado su acceso a los comentarios de PERIODISTA DIGITAL.

caracteres
Comentarios

Aún no hay Comentarios para este post...

    Martes, 21 de agosto

    BUSCAR

    Editado por

    Síguenos

    Hemeroteca

    Agosto 2018
    LMXJVSD
    <<  <   >  >>
      12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031