Terra Boa

2º DTQ: TRANSFIGURAÇÃO... (cf. Pe. A. Palaoro SJ)

24.02.18 | 19:40. Archivado en Liturgia

"E transfigurou-se diante deles..." (Mc 9,2)

A superficialidade, o consumismo e o individualismo são marcas de nossa sociedade atual. Marcas que des-figuram e desumanizam. Paul Tillich (1886-1965) afirmava que "a grande tragédia do homem moderno é ter perdido a dimensão da profundidade". Não é fácil reencontrar "a dimensão perdida".

Eis o contrassenso: por uma parte, nos instalamos na superficialidade (zona de conforto, comodidade...) e, por outra, desejamos a profundidade (nossas raízes, nosso ser, nossa casa...). Entre esses dois extremos transcorre a vida.

A superficialidade, o consumismo e o individualismo são compensações que tentam aliviar o vazio de sentido; "cantos de sereia" que distraem do verdadeiramente importante: o que somos.

Talvez, a chamada "dimensão perdida" não seja outra coisa que a "trans-figuração" de nossa verdadeira identidade. Este é o apelo do Evangelho de hoje: viver "trans-figurados" a partir de nossa interioridade.

Vivemos fora de nós mesmos, daí que o nosso mundo interno permaneça na obscuridade. Se nos voltarmos para dentro, para o nosso interior, então tudo se ilumina.

O "mistério" da "Transfiguração" pode ter sido um relato de aparição do Ressuscitado, que teria sido reelaborado para ser uma declaração messiânica: Jesus, confirmado pelas Escrituras judaicas, Moisés (a Lei) e Elias (os profetas), é apresentado como "Filho amado" de Deus. Todo Ele é transparência e luminosidade.

Jesus viveu constantemente transfigurado, embora isso não se expressava externamente. Sua divindade se revelava cada vez que se aproximava de uma pessoa para ajudá-la a ser ela mesma. A transfiguração deixa de ser um evento para tornar-se um modo permanente de Jesus viver, e só quando manifesta seu amor, ilumina.

A Transfiguração também nos diz quem somos realmente. Ela desvela também nossa identidade e nos faz caminhar em direção à nossa interioridade. Uma pessoa transfigurada é uma profundamente humana. E o que é autenticamente humano, é transparência de Deus.

Todos trazemos uma faísca de luz que busca expandir-se, até a eternidade.

Transfiguração, portanto, é transformação do espaço interior. Em meio às sombras profundas, marcadas pelos traumas, feridas, experiências negativas, encontram-se "pontos de luz". Passaremos, a viver como "seres trans-figurados".

Cuidemos, pois, do coração, pois dele brota a luz e a vida. Iluminemos nosso caminhar com a luz que há em nós mesmos!

A Transfiguração de Jesus vem nos recordar que, na essência, somos luminosidade, e que por detrás de comportamentos sombrios, continuamos sendo transparência. Mesmo perdidos nas trevas de nossa inconsciência, sentimos saudades da luz.

Nossa essência é luminosa, transparente, simples, doce, verdadeira... Para além do "ego superficial", a trans-figuração nos faz acessar a um "lugar" sempre estável, sólido e permanente, onde reconhecemos a presença d'Aquele que é a Luz indizível.

Se soubéssemos olhar com os olhos transfigurados veremos que por detrás das aparências se escondem sentimentos de bondade, de generosidade, de fidelidade e amor.

A Transfiguração de Jesus nos diz que nem tudo está perdido.

Você conhece as pessoas por dentro?


Opine sobre la noticia con Facebook
Opine sobre la noticia
Normas de etiqueta en los comentarios
Desde PERIODISTA DIGITAL les animamos a cumplir las siguientes normas de comportamiento en sus comentarios:
  • Evite los insultos, palabras soeces, alusiones sexuales, vulgaridades o groseras simplificaciones
  • No sea gratuitamente ofensivo y menos aún injurioso.
  • Los comentarios deben ser pertinentes. Respete el tema planteado en el artículo o aquellos otros que surjan de forma natural en el curso del debate.
  • En Internet es habitual utilizar apodos o 'nicks' en lugar del propio nombre, pero usurpar el de otro lector es una práctica inaceptable.
  • No escriba en MAYÚSCULAS. En el lenguaje de Internet se interpretan como gritos y dificultan la lectura.
Cualquier comentario que no se atenga a estas normas podrá ser borrado y cualquier comentarista que las rompa habitualmente podrá ver cortado su acceso a los comentarios de PERIODISTA DIGITAL.

caracteres
Comentarios

Aún no hay Comentarios para este post...

    Lunes, 24 de septiembre

    BUSCAR

    Editado por

    Síguenos

    Hemeroteca

    Septiembre 2018
    LMXJVSD
    <<  <   >  >>
         12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930