Terra Boa

Sagrada Família... (cf. P. A. Palaoro SJ)

30.12.17 | 04:52. Archivado en Liturgia

Maria e José levaram Jesus a Jerusalém, a fim de apresentá-lo ao Senhor... (Lc 2,22)
Todos já vimos um invento recreativo para crianças, composto de um globo inflável que flutua sobre um reservatório de água. Tal invento evoca um comportamento frequente nas famílias de hoje; elas fabricam uma bolha e se fecham nela como num reduzido microcosmo enclausurando as pessoas em um mundo familiar muito definido e protegido.

Para as famílias cristãs, podemos perguntar se há algo mais por detrás dessa bolha, desse globo fechado no qual todos brincamos como crianças inconscientes...

Deus “se fez diferente” e é na “diferença” que Ele vem ao nosso encontro como chance de enriquecimento vital. Deixemo-nos surpreender pelo Deus da vida que rompe esquemas, legalismos e bolhas...

Também os muros estão voltando à moda; altos e com arame farpado por encima. Tudo f para segregar os “diferentes”, pois separam uns dos outros.

>> Sigue...


Flores de Cristo... Lenda singela do Natal. (Anônimo)

26.12.17 | 11:35. Archivado en Mensagens

Na noite santa do Natal, uns pastores se dirigiram ao estábulo para levar ao Menino Jesus, que repousava na manjedoura, seus presentes: lã de ovelha, pão e manteiga.

O filhinho de um pastor, menino de coração bondoso, também quis presentear o pequeno Rei, mas como era pobre, não podia comprar-lhe um presente. Na sua singeleza pensou que talvez a criancinha estivesse com sede. Correu para casa, pegou a tigelinha com a qual tomava o seu leite todas as manhãs e a encheu de leite e mel.

Ao ver os pastores, que já estavam bem distantes, começou a correr para alcançá-los. Nesta corrida, derramou o leite sem querer, de tal modo que ao chegar ao estábulo, só tinha apenas um resto na tigela. O menino, antes de se aproximar do presépio, olhou para trás e viu, com grande tristeza, o leite derramado. Com isto, não percebeu que havia uma grande pedra no caminho e caiu. Com a queda, sua tigela tão querida e preciosa, quebrou-se em pedaços.

>> Sigue...


Para você sorrir neste fim de ano...

26.12.17 | 04:44. Archivado en Mensagens


FELIZ NATAL..

25.12.17 | 13:00. Archivado en Liturgia

DEU À LUZ SEU FILHO PRIMOGÊNITO

E O ENVOLVEU COM PANOS

E O COLOCOU NUMA MANJEDOURA...

FELIZ NATAL!


NO INTERIOR DE UMA GRUTA... (cf. Pe. A. Palaoro SJ)

25.12.17 | 04:57. Archivado en Liturgia

Na noite de Natal, Deus “desce” aos rincões da humanidade; uma intensa Luz brilha no interior de uma gruta e se expande em direção a todo o universo. “Jesus nasceu”.

As grutas sempre despertaram fascínio nos seres humanos; elas possuem uma força atrativa e guardam segredos em seu interior. Ao mesmo tempo, simbolizam o desejo permanente de retornar ao ventre materno, lugar de segurança, e de aquecimento.

A contemplação do Nascimento de Jesus nos impulsiona a fazer a travessia para o interior de uma Gruta: onde o Grande Mistério se faz visível e revelador do sentido da existência humana.

Entremos nela com respeito e suavidade, para adentrar no seu mistério. Quem é digno de Deus? Nada está à sua altura, nenhum palácio, nenhuma forma de sabedoria humana... Por isso, Deus decidiu escolher um lugar despojado de tudo; apenas, um homem e uma mulher...

>> Sigue...


ANUNCIAÇÃO, UMA EXPERIÊNCIA UNIVERSAL... (Pe. A. Palaoro SJ)

23.12.17 | 02:16. Archivado en Liturgia

No tempo do Advento, Maria é sempre uma presença cheia de significados: a mãe que espera, a mulher que acolhe a Palavra, a jovem que arrisca, a amiga que ajuda: mulher de fé que silencia e medita... Tudo isso encontramos nela. E nela, todos nos vemos; nela nos inspiramos. Porque também nós precisamos acolher, arriscar, servir e deixar que a boa notícia seja semente que se enraíza na terra de nossa interioridade.

O Advento também é tempo do “sim” e hoje fazemos memória daquela que foi protagonista do “sim” que mudou a história.

Aquele que é a Vida e por quem foram feitas todas as coisas pede o consentimento da virgem de Nazaré para assumir a vida humana no seu seio virginal. Para que sejam cumpridas, para que o Salvador entre na nossa história, só falta o Sim de Maria. Deus nunca força a liberdade humana.

>> Sigue...


A linguagem da alma...

20.12.17 | 04:20. Archivado en Espiritualidade

Eu senti Deus dançando dentro e fora de mim...
Alguém me disse que estava lendo com prazer o livro: Imaginative praire. E eu pensei: a linguagem do corpo facilmente a entendemos, mas e a outra, a da alma?

O ser humano é uma unidade psicofísica, inseparável, mas espontaneamente manifestamos mais uma dessas dimensões.

Hoje quero aprofundar mais na linguagem da alma e como ela se manifesta. Iniciar apenas uma conversa...

Conheço pessoas que são farmácias ambulantes, hipocondríacas perdidas, e carregam consigo uma bateria imensa de remédios que tomam ou que poderiam tomar. Será que essa fraqueza manifesta não têm nada a ver com o que sentimos e não vemos?

Neste mundo acelerado, onde tudo é rápido e descartável, as múltiplas experiências mal vividas e digeridas deixam marcas (e às vezes consequências!) no corpo e na alma

>> Sigue...


FOTOS QUE FALAM E FAZEM PENSAR...

18.12.17 | 14:22. Archivado en Mensagens

(foto: N. Maróstica)


Diante do céu infinito,

do mar imenso

e da praia dourada...

O que é o homem?


3º Domingo de ADVENTO: DESVELAR NOSSA IDENTIDADE... (cf. Pe. A. Palaoro SJ)

16.12.17 | 03:11. Archivado en Liturgia

Quem és? Que dizes de ti mesmo? É possível que os enviados de João Batista nunca se fizessem essas mesmas perguntas... E quem teria ousado fazê-las aos sacerdotes do Templo?... Mas, essas perguntas foram feitas a Jesus.

Todo ser humano é aventureiro por essência; com ardor, ele anseia por uma causa última pela qual viver, um valor supremo que unifique, um projeto que mereça sua entrega radical. Para dar sentido à sua vida e realizar-se como pessoa, precisamos da auto-transcendência,

>> Sigue...


ADVENTO: Vozes que fazem a diferença... (cf. Pe. A. Palaoro SJ)

09.12.17 | 04:11. Archivado en Liturgia

Esta é a voz daquele que grita no deserto...” (Mc 1,3)

A “voz que grita no deserto” é a do profeta pobre que nos prepara um coração compassivo e reconciliado. Aquele que outrora saltou de alegria no ventre de sua mãe, rompe com sua voz forte a surdez do nosso coração, e nos força a abrir os olhos para ver Aquele que se aproxima.

O Batista é só uma voz; não é a Palavra. Mas não é uma voz qualquer; é a voz que faz a diferença: ela des-vela e re-vela. Des-vela a dureza do coração daqueles que não se abrem à novidade de Deus; re-vela a presença d’Aquele que destrava a voz dos sem voz.

O tempo do Advento possibilita afinar nosso ouvido para escutar as vozes dos tristes e dos deprimidos, dos cansados e excluídos que se encontram nas margens sociais e religiosas. Essa escuta nos conduz à voz frágil d’Aquele menino Deus que sempre quer nascer onde há necessidade de mudança, de busca, de melhora e de um novo começo.

O Advento nos faz mais sensíveis para captar as vozes frágeis de nossa interioridade. Dentro de nós há muitos sentimentos reprimidos, experiências bloqueadas, vivências rejeitadas, pensamentos atrofiados... buscando oportunidade para se fazerem ouvir; são “vozes caladas”, “vozes que gritam no deserto interior”, procurando encontrar gretas e poder respirar. É preciso criar silêncio para ouvi-las, dialogar com elas e assim restabelecer um equilíbrio eco biológico interior.

>> Sigue...


Arcebispo Mons. Georg Gänswein (*1956), arquivo vivo do Vaticano…

04.12.17 | 15:19. Archivado en Atualidade


Mons. Georg Gänswein, quando chegou a Roma, era conhecido como o Bel Giorgio (o Belo Jorge). Alemão de origem, doutor em direito canônico (1993), Juiz do Tribunal Eclesiástico Arquidiocesano, chegou a Roma em 1995, trabalhando sempre em cargos administrativos da Cúria Romana (Congregação do Culto Divino, Disciplina dos Sacramentos, Doutrina da Fé...), onde posteriormente passou a ser secretário particular do Cardeal Ratzinger (2003) e depois também o seguiu quando foi escolhido como Papa Bento XVI.

Este monsenhor poderoso e conhecedor dos meandros da Cúria Romana, pertence à ala conservadora do Vaticano. E no próximo dia 7/DEZ, Mons. Georg Gänswein cumpre 5 anos no cargo de Prefeito da Casa Pontifícia. Espero que não seja confirmado,

>> Sigue...


Sábado, 15 de diciembre

BUSCAR

Editado por

Síguenos

Hemeroteca

Diciembre 2017
LMXJVSD
<<  <   >  >>
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031