Terra Boa

26º DTC: PRESENÇA PROVOCATIVA DE JESUS... (cf. Pe. A. Palaoro SJ)

30.09.17 | 04:25. Archivado en Liturgia

Os cobradores de impostos e as prostitutas entrarão antes de vós no Reino de Deus... (Mt 21,31

A frase acima é uma das mais cortantes, proferida por Jesus aos chefes religiosos. Os cobradores de impostos e as prostitutas constituíam as duas classes de pessoas mais odiadas e que sofriam maior preconceito na sociedade religiosa de seu tempo.

Com sua presença e ternura Jesus quebra as atitudes preconceituosas que delimitam friamente os espaços e alimentam proibições que impedem a manifestação da vida. Jesus provoca grande escândalo nos seus ouvintes, sobretudo entre os fariseus, sacerdotes e anciãos do povo, que se consideravam superiores aos outros. Eles apresentavam-se como modelos para o povo. É duro viver ao lado de um fundamentalista, porque igualmente duro é o seu “deus”.

Há um monstro que habita nas profundezas de nosso ser: o preconceito, pois limita a realidade, aumenta as distâncias, estreita o coração.

>> Sigue...


O Sinédrio acusa a Jesus de Nazaré de propagar heresias... (Pe. Bruno Franguelli, SJ)

29.09.17 | 04:32. Archivado en Atualidade

Prezado Jesus de Nazaré,

Com profunda aflição, mas movidos pela fidelidade à Lei de nossos pais, o amor aos preceitos da Torah e à nossa religião, nos dirigimos a ti para comunicá-lo que já não suportamos mais as heresias que diariamente presenciamos através de suas palavras, atos e omissões.

Tuas atitudes, Jesus, têm escandalizado profundamente o nosso povo e confundido as pessoas a respeito da nossa Lei. Muitos já começam a imitar tuas atitudes e negam verdades milenares que conservamos e tu, ao invés de reprová-los, pelo contrário, os apoias. Muitos doutores da lei, que se submetem a participar de teus ensinamentos e realizam perguntas honestas a ti,

>> Sigue...


Sexo antes do casamento?

25.09.17 | 04:32. Archivado en Atualidade


Promiscuidade? Responsabilidade? Compromisso? Numa sociedade onde tudo é descartável as pessoas entram também nesse pacote? O maior problema é levar a vida na brincadeira. Não podemos manipular as pessoas; elas são sagradas. Se nos relacionamentos humanos não há fidelidade, falta amor

Deus não quer a promiscuidade sexual dos seus filhos nem a troca de parceiros por motivos banais.

Algumas pessoas afirmam que casaram virgens, mas ‘fizeram de tudo’ antes do casamento. Virgindade verdadeira é a do coração.

Falemos do amor. De que vale a troca dos corpos se não há comunhão das almas? Quando alguém casa se compromete a ser transparente com seu/sua parceiro/a.

>> Sigue...


25º DTC: O AMOR É SEMPRE SURPREENDENTE... (cf. Pe. A. Palaoro SJ)

23.09.17 | 04:43. Archivado en Liturgia

Toda parábola é um relato provocativo, instigante, e envolvente... que projeta nossa consciência num horizonte maior. Toda parábola mantém sua atualidade através do tempo e das culturas.

O objetivo das parábolas é substituir uma maneira míope de ver o mundo por outra, aberta a uma nova realidade. Elas ativam o nosso olhar mais profundo e descobre possibilidades desconhecidas. Estranho: não dizer nada para quem não está disposto a mudar, e diz mais do que se pode dizer a quem está disposto a escutar. Quem escuta vive de outra maneira.

>> Sigue...


Confusão simbólica e teológica no Vaticano?...

22.09.17 | 04:46. Archivado en Religião

Os tempos que vivemos são confusos e ambíguos, e até as estruturas da Igreja parecem seguir essa modalidade. Você concorda com esse título de “Papa emérito”? Quem teve tamanha ousadia? Alguns teólogos e muitas pessoas de boa vontade pensamos que os títulos, vestimentas e símbolos de Bento XVI causam grande confusão na Igreja, e não deveriam se repetir na história do povo de Deus.

A expressão “Papa emérito” é desconcertante, e os símbolos usados por essa figura também. Não podemos voltar aos tempos de Avignon (1378-1417), quando chegaram a conviver 3 papas ao mesmo tempo, dividindo a Igreja segundo os seus seguidores.

Na Igreja católica há só um Papa, por isso resulta muito estranho o que estamos vendo e vivendo.

Quando um Papa abdica renuncia também aos símbolos pontifícios que usava, e o título deveria ser o de “bispo emérito” de Roma.

>> Sigue...


Tradicionalistas contra jesuítas...

21.09.17 | 04:19. Archivado en Atualidade

Declaração do Pe. Matthew F. Malone, SJ
Presidente e editor-chefe da Revista América

No dia 15/SET/2017, o Theological College, o seminário nacional sob os auspícios da Catholic University of America, anunciou sua decisão de rescindir um convite ao Pe. James Martin, SJ, editor-chefe de longa data da revista America, para se dirigir aos professores e estudantes durante a sua próxima celebração das Jornadas Discentes [Alumni Days].

De acordo com uma declaração emitida pela Catholic University, a decisão de rescindir o convite era contrária ao “conselho específico recebido da universidade e da sua liderança”. A decisão do Theological College seguiu o recente cancelamento da presença do Pe. Martin agendada para o jantar anual de investidura da Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém e de uma palestra que ele proferiria para a CAFOD, a agência de caridade católica de desenvolvimento internacional.

>> Sigue...


EMBATINADOS E ENCOLARINHADOS... (Pe. Paulo Crozera/Campinas)

20.09.17 | 14:16. Archivado en Religião


Há quem prefira que os padres andem de batina ou, pelo menos o com colarinho eclesiástico para se distinguirem do povo comum. Além disso, há hoje em dia uma excessiva valorização das vestes ou paramentos litúrgicos, cada vez mais pomposos e ricos, cheios de rendas, bordados e babados. Aliás, um padre recém-ordenado chegou a me dizer, com todas as letras: "Os padres devem se vestir como 'noivas'".

Não digo que os padres se vistam de forma indigna ou que não tenham zelo quanto à liturgia, mas o que temos assistido, de modo geral, é um exagero sem medidas. O Papa Francisco tem dado exemplo para nós de que a simplicidade é um valor que salta aos olhos e que, sem dúvida alguma, está muito bem expresso nos Evangelhos, sobretudo nas atitudes de Jesus.

Na realidade, o que parece se pretender com tudo isso é destacar cada vez mais a figura do padre, distanciando-o da vida da comunidade e dos irmãos, para reafirmar um "poder" que não é "serviço", imposto mais pelas aparências do que pelas atitudes e pelo testemunho evangélico. O Papa Francisco tem insistido na proximidade, no envolvimento, desejando que os evangelizadores contraiam o "cheiro das ovelhas" (cf. Eg 24).

O Concílio Vaticano II, ao falar dos presbíteros (padres),

>> Sigue...


O PERDÃO ATREVIDO E CRIATIVO... (Pe. A. Palaoro SJ)

16.09.17 | 04:36. Archivado en Liturgia

O que é perdoar? Muitos pensam que é anistiar o sentimento, esquecer ou até amar o ofensor. Outros pensam que passar por cima do erro ou da violência sofrida é de pessoas frágeis...

O perdão não se encaixa confortavelmente dentro dos padrões naturais do comportamento humano. Ele não nasce espontâneo dentro do coração humano. Perdoar a si mesmo ou aos outros é a marca registrada de uma personalidade madura, e representa considerável avanço em relação ao mais primitivo desejo de vingança ou retaliação.

O perdão ataca o que parece ser uma lei de nossa história: a reciprocidade do olho por olho e dente por dente. O perdão não contabiliza mesquinhamente o que se fez. Perdoar é ir além do princípio de retaliação. Por isso é uma atitude atrevida e ousada.

>> Sigue...


Dia 15/SET: Nossa Senhora das Dores...

15.09.17 | 04:02. Archivado en Liturgia

Os primeiros traços desta piedosa devoção os encontramos já no século XIV.

1. A profecia de Simeão. Havia então em Jerusalém um homem chamado Simeão. Este homem (era) justo e temente (a Deus), e esperava a consolação de Israel; e o Espírito Santo estava nele. Tinha-lhe sido revelado pelo Espírito Santo que não veria a morte, sem ver primeiro Cristo (o ungido) do Senhor. Foi ao templo (conduzido) pelo Espírito de Deus. E levando os pais, o Menino Jesus, para cumprirem as prescrições usuais da lei a seu respeito, ele o tomou em seus braços, e louvou a Deus, dizendo:
– Agora, Senhor, podes deixar partir o teu servo em paz, segundo a tua palavra; Porque os meus olhos viram tua salvação. A qual preparaste ante a face de todos os povos; luz para iluminar as nações e glória de Israel, teu povo.
Seu pai e sua mãe estavam admirados das coisas que dele se diziam. E Simeão os abençoou, e disse a Maria, sua Mãe:
– Eis que este Menino esta posto para ruína e para ressurreição de muitos em Israel, e para ser alvo de contradição. E uma espada trespassará a tua alma, a fim de se descobrirem os pensamentos escondidos nos corações de muitos. (Lc 2, 25-35)

2. A fuga para o Egito. Então Herodes, tendo chamado secretamente os magos, inquiriu deles cuidadosamente acerca do tempo em que lhes tinha aparecido a estrela; e, enviando-os a Belém, disse:
– Ide e informai-vos bem acerca do menino, e, quando o encontrardes, comunicai-mo, a fim de que também eu o vá adorar.
Eles, tendo ouvido as palavras do rei, partiram; e eis que a estrela que tinham visto no Oriente. Ia adiante deles, até que, chegando sobre onde estava o menino, parou. Vendo (novamente) a estrela, ficaram possuídos de grandíssima alegria.

>> Sigue...


Dia 7/SET: Princesa Joana de Áustria (1536-1573), da Companhia de Jesus…

07.09.17 | 04:39. Archivado en Jesuítas

Dona Joana de Áustria, filha do Imperador Carlos V, irmã do rei Felipe II, de Espanha, casou-se aos 16 anos, com o príncipe herdeiro de Portugal: Dom João, que contava então 15 anos de idade.

As grandes ordens religiosas contam com uma rama feminina: beneditinas, franciscanas, dominicanas, agostinianas, etc. menos a Companhia de Jesus. Inácio de Loyola, fundador dos jesuítas, teve seus motivos para não estabelecer uma comunidade de “jesuitinas”. Mais ainda, nas Constituições da Ordem deixou clara essa sua decisão.

Não foi por machismo ou misoginia que Inácio fez isso, mas por motivos apostólicos. Inácio de Loyola mostrou sempre um grande apreço pelas mulheres e algumas delas foram muito achegadas a ele.

>> Sigue...


Lunes, 10 de diciembre

BUSCAR

Editado por

Síguenos

Hemeroteca

Septiembre 2017
LMXJVSD
<<  <   >  >>
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930