Terra Boa

Cisma na Igreja Ortodoxa...

18.10.18 | 04:30. Archivado en Religião

Aconteceu o que já se previa. O Patriarca Bartolomeu de Constantinopla concedeu a autocefalia (independência de Moscou) à Igreja ortodoxa ucraniana. É um direito que as Igrejas ortodoxas têm, e que após a invasão e apropriação russa da Crimeia e do Leste da Ucrânia depender `religiosamente´ de Moscou parecia uma traição nacional e uma infâmia religiosa.

O Patriarcado de Moscou ficou furioso com esta decisão do Patriarca de Constantinopla e rompeu a comunhão fraterna com Bartolomeu.

Pelo contrário, o Presidente da Ucrânia Poroshenko pulou de alegria, e viu nisso uma autodeterminação também política do seu país em relação à Rússia: Foi uma vitória do bem sobre o mal!

O Patriarcado de Moscou, do qual até agora dependia a igreja de Ucrânia, não reconhecerá essa nova autocefalia,

>> Sigue...


28º DTC: O SABOR DE ETERNIDADE... (cf. Pe. A. Palaoro SJ)

13.10.18 | 04:08. Archivado en Liturgia


Jesus saiu caminhando... O caminho é o lugar dos encontros surpreendentes, do diálogo com o diferente. A itinerância é o modo próprio de Jesus viver e, também o dos discípulos.

Ao mover-se de um lugar a outro Jesus encontra diversas pessoas e acolhe todas, sem estereótipos ou julgamentos.

Toda saída implica deixar para trás muitas coisas é um novo êxodo, pois implica despojamento e confronto. Precisamos passar de um olhar auto-referencial e moralizador para um outro mais fraterno e humano.

“Ao sair caminhando, veio alguém correndo...”. O encontro dá-se no caminho de Jesus para Jerusalém, e quem se aproxima correndo, como fustigado por uma urgência implacável é um jovem. Não veio a Jesus como os outros, oprimido pela enfermidade, mas a partir de uma inquietude interior: “O que fazer para ganhar a vida eterna”?

>> Sigue...


APARECIDA: A MÃE QUE NOS ACOMPANHA... (cf. Pe. A. Palaoro SJ)

12.10.18 | 04:34. Archivado en Liturgia

O Papa Francisco, em uma homilia proferida no Santuário Nacional de Aparecida, convidou a nos deixar surpreender constantemente por Deus . Deus espera que nos deixemos “surpreender por seu amor, que acolhamos as suas surpresas”.

O Papa nos mostrou como modelo de surpresa a história do Santuário: três pobres pescadores depois de um dia inteiro sem apanhar peixe encontram, nas águas do Rio Paraíba, a imagem da Senhora Aparecida. Sabemos que os pescadores, após encontrarem a imagem milagrosamente, têm uma pesca abundante e conseguem o que precisavam para atender ao conde de Assumar.

>> Sigue...


27º DTC: O CASAMENTO É UM MOMENTO, MAS O MATRIMÔNIO É UM PROCESSO... (Cf. Pe. A. Palaoro SJ)

06.10.18 | 04:41. Archivado en Liturgia

O Mestre Jesus, em sua itinerância missionária, depara-se com diferentes perguntas sobre aspectos da vida, pessoal ou comunitária. Todas são uma ocasião privilegiada para anunciar a Boa Notícia do Reino.

Neste domingo, Jesus não foca tanto na questão do divórcio, quanto à dignidade da mulher. Ele não tolera uma lei machista na qual o marido pode abandonar a esposa como se fosse uma mercadoria; situa o homem e a mulher em pé de igualdade. Desativa o machismo que leva a considerar a mulher como “propriedade” do homem.

A atitude de Jesus é coerente com toda sua trajetória: seu posicionamento decidido a favor dos “últimos”, dos “pequenos”, das “crianças”, das mulheres... Por tudo isso, não é casual que, depois deste relato apareça a cena de Jesus abraçando as crianças.

>> Sigue...


50 parlamentares brasileiros listados como anti-indígenas...

04.10.18 | 04:55. Archivado en Atualidade

Estas pessoas não são dignas de representar o povo brasileiro na política nacional:

Arthur Lira, deputado (PP-AL)
Lucio Vieira Lima, deputado (PMDB-BA)
Eunício Oliveira, senador (PMDB-CE)
Rose de Freitas, senadora (PMDB-ES)
Roberto Balestra, deputado (PP-GO)
Ronaldo Caiado, senador (DEM-GO)
Weverton Rocha, deputado (PDT-MA)
Edison Lobão, senador (PMDB-MA)
Leonardo Quintão, deputado (PMDB-MG)
Newton Cardoso Jr, deputado (PMDB-MG)
Aelton Freitas, deputado (PR-MG)
Marcos Montes, deputado (PSD-MG)
Bonifácio José Tamm de Andrada, deputado (PSDB-MG)
Domingos Sávio, deputado (PSDB-MG)
Antonio Anastasia, senador (PSDB-MG)
Dagoberto Nogueira, deputado (PDT-MS)
Luiz Henrique Mandetta, deputado (DEM-MS)
Tereza Cristina, deputado (PSB-MS)
Carlos Marun, deputado (PMDB-MS)

>> Sigue...


Mudança de época...

01.10.18 | 04:41. Archivado en Atualidade

versível, e entre essas mudanças podemos situar o fim da dominação machista na cultura ocidental. Isto é muito sério.

Por primeira vez na história, temos a possibilidade de analisar os elos existentes entre o poder e a religião, pois por milênios a humanidade viveu atrelada a essas duas realidades patriarcais, e que agora sofrem uma profunda crise.

A dominação machista modelou a existência da nossa sociedade, identidade e organização. As mulheres submissas asseguravam a reprodução do grupo humano, enquanto os homens pairavam por cima das situações e dos relacionamentos. Tudo isso, agora, entrou em crise colocando em cheque-mate esse tipo de organização masculina, provocando inseguranças e transformações na reprodução biológica e na vida social da comunidade, mudando o referimento ao masculino. O macho entrou em crise e perdeu o tesão!

Nosso mundo é complexo, plural, multirreferencial, bem diferente dos tempos anteriores...

A dominação masculina perdeu nos dias de hoje sua razão de ser, e a igualdade dos gêneros se impôs como uma conquista histórica de toda a humanidade. Quem ganhou? A humanidade!

>> Sigue...


26º DTC. Preconceito e fanatismo: Nefastas armadilhas... (cf. Pe. A. Palaoro SJ)

29.09.18 | 04:44. Archivado en Liturgia

Cresce hoje a consciência sobre a diferençado ser humano como atração, e não como rejeição. A humanidade pós-moderna exige a diversidade na convivência sócio-cultural e religiosa. Não podemos permanecer trancados em redutos que rejeitam as diferenças existenciais. A humanidade deixou de ser distante para tornar-se próxima, mediante as diferenças e as convergências. O mundo globalizado não pode ser apenas econômico.

No entanto, corremos o risco de viver em mundos-bolha, encapsulados em espaços seguros, convivendo com pessoas semelhantes a nós e dentro de situações estáveis. É difícil sair do terreno conhecido, deixar o convencional e conhecido. Tudo conspira para nos manter dentro dos limites politicamente corretos estabelecendo fronteiras vitais e sociais impermeáveis ao diferente. Se isso acontecer, nossas perspectivas diminuem, e atrofiadas nossas visões e horizontes. Só vemos e ouvimos o que queremos.

>> Sigue...


23º DTC: ABRIR OS SENTIDOS PARA O ENCONTRO... (Pe. A. Palaoro SJ)

08.09.18 | 16:36. Archivado en Liturgia

“Jesus saiu de novo da região de Tiro, passou por Sidônia e continuou até o mar da Galiléia... (Mc 7,31)


Imagem constante no evangelho de Marcos: Jesus é um itinerante; rompe espaços geográficos-culturais-religiosos e transita com muita liberdade pelo território pagão. Nesse deslocamento, trazem um surdo-mudo e pedem a Jesus que lhe imponha as mãos.

Parece lógico que alguém tivesse que atuar para conduzir o surdo-mudo até Jesus, e fosse “tocado”; aqui aparece a força do contato.

Sabemos pouco da riqueza de nosso contato. O contato cura. Nas enfermidades muitos buscam o contato. O contato nos envia sempre para dentro, e não é somente o contato da pele, mas o que põe em marcha para nosso interior. O contato nos faz despertar. Existe a idade da palavra, a do ouvido, a do olhar..., mas neste momento Jesus se detém no contato. O caminho do contato é o mais profundo nos encontros humanos. A mão é fonte e canal de energia curativa.

>> Sigue...


Lista dos 50 parlamentares listados como anti-indígenas...

04.09.18 | 04:48. Archivado en Acerca del autor

Estas pessoas não são dignas de representar o povo brasileiro na política nacional:

Arthur Lira, deputado (PP-AL)
Lucio Vieira Lima, deputado (PMDB-BA)
Eunício Oliveira, senador (PMDB-CE)
Rose de Freitas, senadora (PMDB-ES)
Roberto Balestra, deputado (PP-GO)
Ronaldo Caiado, senador (DEM-GO)
Weverton Rocha, deputado (PDT-MA)
Edison Lobão, senador (PMDB-MA)
Leonardo Quintão, deputado (PMDB-MG)
Newton Cardoso Jr, deputado (PMDB-MG)
Aelton Freitas, deputado (PR-MG)
Marcos Montes, deputado (PSD-MG)
Bonifácio José Tamm de Andrada, deputado (PSDB-MG)
Domingos Sávio, deputado (PSDB-MG)
Antonio Anastasia, senador (PSDB-MG)
Dagoberto Nogueira, deputado (PDT-MS)
Luiz Henrique Mandetta, deputado (DEM-MS)
Tereza Cristina, deputado (PSB-MS)
Carlos Marun, deputado (PMDB-MS)
Waldemir Moka, senador (PMDB-MS)
Simone Tebet, senadora (PMDB-MS)
Geraldo Resende, deputado (PSDB-MS)
Adilton Sachetti, deputado (PSB-MT)
Carlos Bezerra, deputado (PMDB-MT)
Nilson Leitão, deputado (PSDB-MT)
Jose Priante, deputado (PMDB-PA)
Hélio Leite da Silva, deputado (DEM-PA)
Josué Bengtson, deputado (PTB-PA)
Simone Morgado, deputada (PMDB-PA)
Efraim de Araújo Filho, deputado (DEM-PB)
Nelson Padovani, deputado (PSDB-PR)
Osmar Serraglio, deputado (PMDB-PR)
Nilton Capixaba, deputado (PTB-RO)
Valdir Raupp, senador (PMDB-RO)
Édio Lopes, deputado (PMDB-RR)
Romero Jucá, senador (PMDB-RR)
Onyx Lorenzoni, deputado (PMDB-RS)
Alceu Moreira, deputado (PMDB-RS)
Afonso Hamm, deputado (PP-RS)
Jeronimo Goergen, deputado (PP-RS)
Luis Carlos Heinze, deputado (PP-RS)
Covatti Filho, deputado (PP-RS)
Ana Amélia Lemos, senadora (PP-RS)
Celso Maldaner, deputado (PMDB, SC)
Valdir Colatto, deputado (PMDB-SC)
João Rodrigues, deputado (PSD-SC)
Laercio Oliveira, deputado (PP-SE)
Nelson Marquezelli, deputado (PTB-SP)
Irajá Abreu, deputado (PSD-RO)
Kátia Abreu, senadora (PDT-TO)

Oxalá outros governos democráticos os afastem do seu convívio!


Dia 1/SET: Mensagem do Papa para o IV Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação...

01.09.18 | 14:16. Archivado en Atualidade

Caros irmãos e irmãs! Neste Dia de Oração desejo,em primeiro lugar, agradecer ao Senhor pelo dom da casa comum e por todos os homens de boa vontade que estão comprometidos em protegê-la. Agradeço também pelos numerosos projetos que visam promover o estudo e a proteção dos ecossistemas, pelos esforços destinados a desenvolver uma agricultura mais sustentável e uma alimentação mais responsável, pelas diversas iniciativas educacionais, espirituais e litúrgicas que envolvem muitos cristãos em todo o mundo no cuidado da criação.

Devemos reconhecê-lo: não soubemos proteger a criação com responsabilidade. A situação ambiental, quer a nível global, quer em muitos lugares específicos, não pode ser considerada satisfatória. Com razão, surgiu a necessidade de uma relação renovada e saudável entre a humanidade e a criação, a convicção de que apenas uma visão do homem autêntica e integral nos permitirá cuidar melhor do nosso planeta para o benefício das gerações presentes e futuras, pois «não há ecologia sem uma adequada antropologia» (Carta Enc. Laudato si’, 118).

>> Sigue...


Dia 31/AGO: O Patriarca de Moscou visita o Patriarca Ecumênico de Constantinopla (Istambul)

30.08.18 | 13:48. Archivado en Religião

Kirill, Patriarca de Moscou é uma velha raposa, muito próximo do Presidente russo e bastante distante de tudo que seja um ecumenismo saudável. Sabemos que no dia 31/AGO Kirill fará uma visita ao grande Patriarca Bartolomeu, de Constantinopla (Istambul) para superar problemas internos da ortodoxia. O Patriarca Bartolomeu é muito próximo do Papa Francisco.

O problema é que a Igreja ucraína deseja ter uma autonomia (`autocefalia´), sem depender de Moscou. Lembremos que Rússia não aceitou facilmente a separação da Ucrânia, e ainda agora se apoderou da península de Crimeia, por ter lá muitas pessoas de língua russa. Constantinopla, Moscou e Kiev (que seria a sede do novo patriarcado ucraniano) se tornaram um triângulo perigoso. O peixe mais gordo e explosivo é Moscou. E no meio dessa briga nada `fraterna´ está o Papa Francisco, sem se intrometer mas acompanhando fraternalmente tudo.

>> Sigue...


21º DTC: As palavras sempre rompem alguma coisa... (cf. P. A. Palaoro SJ)

25.08.18 | 04:10. Archivado en Liturgia

As palavras que vos falei são espírito e vida...” (Jo 6,63)

Estamos no final de Jo 6. Chega a hora do desenlace e a alternativa é clara: abrir-se à verdadeira Vida ou permanecer enredados numa vida atrofiada. No mundo de hoje “tomam-se mais decisões por não tomá-las (que já é uma decisão) do que por tomá-las”por acomodação, medo ou inércia.

As palavras de Jesus entraram em choque com a mentalidade vigente; era inadmissível uma mensagem tão exigente e libertadora. Suas palavras romperam mentalidades fechadas e modos arcaicos de viver.

Hoje corremos o risco de “adocicar” as palavras de Jesus. Com frequência transformamos Suas Palavras de Vidaem um conjunto de ritos, doutrinas e normas, para serem manipuladas segundo nossos critérios. Mas, a Palavra desestabiliza e questiona a normalidade doentia de nossa vida. “Palavra dura. Quem consegue escutá-la?”

>> Sigue...


Sábado, 20 de octubre

BUSCAR

Editado por

Síguenos

Hemeroteca

Octubre 2018
LMXJVSD
<<  <   >  >>
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031