Terra Boa

Jesuítas denunciam ditadura na Venezuela...

19.04.17 | 12:11. Archivado en Atualidade

O Reitor da Universidade Católica de Caracas, em conjunto com o Chanceler, Cardeal Arcebispo de Caracas e seu Vice-Chanceler, Provincial da Companhia de Jesus na Venezuela, se dirigem ao público para denunciar situações de violação aos direitos humanos na Venezuela,

A Universidade Católica, nascida do Coração da Igreja, não deve nem pode permanecer calada frente à violação de direitos humanos e à impunidade. Ante o rosto sofredor de Cristo, que veneramos nestes dias da Semana Santa, escutando em nossa consciência, com a mesma insistência, a voz de Deus que reclama a Caín: “O sangue de teu irmão clama da terra ao céu até mim”.

>> Sigue...


As janelas da vida... (Autobiografia de S. Inácio de Loyola)

18.04.17 | 04:10. Archivado en Jesuítas


Não há como falar da vida de santo Inácio de Loyola e não rever a nossa. Nele, Deus supera a normalidade.

A maior consolação que descobrira então era contemplar o céu e as estrelas. Fazia-o muitas vezes e por muito tempo, porque com isto sentia em si um grande esforço para servir a Nosso Senhor (Autob. 11).

Se antes Ínhigo de Loyola via as coisas de um modo apenas carnal, agora parece possuir os olhos do Espírito, pois tudo lhe parece novo e cheio de sentido. Sua recuperação física foi também moral, como acordando de um longo letargo. Suas fantasias negativas deram lugar a outras, bem mais abertas e gratuitas. Sem atropelos, saboreia tudo internamente e de tudo e de todos aprende lições. Sem quase perceber, recupera sua autoestima e se afirma no melhor de si mesmo e nos valores do Evangelho.

>> Sigue...


RESSURREIÇÃO CÓSMICA... (Pe. A. Palaoro SJ)

16.04.17 | 04:35. Archivado en Liturgia

De repente, houve um grande tremor de terra, e o anjo do Senhor retirou a pedra e sentou-se nela... (Mt 28,2)

Há uma crise socioambiental que se alastra rapidamente, quebrando o equilíbrio vital que sustenta a natureza toda. O uso desordenado dos recursos naturais e o “descuido” como modo habitual de viver, fazem sofrer o ser humano e à própria natureza.

A Ressurreição de Jesus oferece uma perspectiva nova. O túmulo rompeu-se e a pedra rolou. De repente a Vida!

O “mistério pascal” é o salto para a novidade e a transcendência. A Ressurreição nos faz descobrir a verdadeira extensão da Vida, pois ela atinge toda criatura. O universo inteiro é o “habitat” do Cristo Cósmico.

>> Sigue...


Vergonha pública Nacional...

12.04.17 | 17:08. Archivado en Atualidade


Eis os nomes dos envolvidos nos diversos esquemas milionários de corrupção segundo as delações da Odebrech. Pessoas que se aproveitaram do cargo para se enriquecer ilicitamente e que comandam vergonhosamente o país:

· Senador da República Romero Jucá Filho (PMDB-RR)
· Senador Aécio Neves da Cunha (PSDB-MG)
· Senador da República Renan Calheiros (PMDB-AL)
· Ministro da Casa Civil Eliseu Lemos Padilha (PMDB-RS)
· Ministro da Ciência e Tecnologia Gilberto Kassab (PSD)
· Senador da República Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)
· Deputado Federal Paulinho da Força (SD-SP)
· Deputado Federal Marco Maia (PT-RS)
· Deputado Federal Carlos Zarattini (PT-SP)

>> Sigue...


Ciboria, mãe de Judas....

11.04.17 | 13:03. Archivado en Liturgia

O que sabemos de Judas? Muito pouco. Nascido em Kerioth (daí o seu apelido Iscariotes), região da Judeia, abandonado pela família, se fez fratricida na família que o adotara. Ele foi um dos 12 apóstolos, escolhido por Jesus e que o traiu por 30 moedas de prata, preço de um escravo. Arrependido por seu gesto de deicídio, enforcou-se.

E o que sabemos da sua família?

A tradição diz que seu pai se chamava Simão e sua mãe Ciboria. Foi um dos primeiros escolhidos por Cristo, por ter mais conhecimentos nas letras e nos números.

>> Sigue...


Domingo de RAMOS: Conflito com o poder... (Cf. Pe. A. Palaoro SJ)

08.04.17 | 04:45. Archivado en Liturgia

Quando Jesus entrou em Jerusalém, a cidade inteira ficou alvoroçada... (Mt 21, 10)

A Paixão de Jesus teve causas históricas concretas e foi o desenlace de uma vida que entrou em conflito com o sistema religioso-político estabelecido.

A vida e mensagem de Jesus revelaram uma novidade de tal magnitude que romperam com as estruturas desumanas que atentavam contra a vida.

>> Sigue...


Não há dois caminhos iguais...

04.04.17 | 13:51. Archivado en Espiritualidade

A espiritualidade inaciana é um caminho para Deus, estreitamente ligado à vida concreta. Deus nos chama a cada dia para o desconhecido, para o novo; Deus nos tira de casa e nos faz sair do nosso egoísmo, das nossas seguranças e comodidades, para nos conduzir e fazer entrar numa “terra nova”...

Ao “deixar-se conduzir” cada pessoa vai construindo seu caminho, único, original e sagrado. Cada um constrói (ou destrói!) a própria vida como pode. Escolher o melhor caminho é uma grande sabedoria...

Em um dos seus raros escritos, o sábio poeta e místico sufi Hafiz Shirazi (1325 – 1389) comenta o risco de cada um fazer seu próprio caminho e busca espiritual:

>> Sigue...


5º DTQ: O DESAFIO DE SOLTAR A VIDA... (cf. P. A. Palaoro SJ)

01.04.17 | 04:02. Archivado en Liturgia

Os relatos evangélicos do 3º, 4º e 5º domingo da Quaresma apresentam Jesus como ‘Fonte de Água viva’ (Samaritana), ‘Luz do mundo’ (cego de nascença) e ‘Vida’ nova (ressurreição de Lázaro).

A Quaresma termina com um chamado à vida, à Vida verdadeira. O relato da ressurreição de Lázaro é uma catequese sobre o encontro com Aquele que é Vida. Jesus vem comunicar a Vida de Deus.

>> Sigue...


O futuro próximo da Igreja Católica...

30.03.17 | 14:31. Archivado en Religião

Não sou vidente nem filho de profeta, mas me atrevo a desejar coisas boas para a nossa igreja... Eis alguns dos meus desejos:

1.- Maior sinodalidade em todos os âmbitos. Maior participação nas decisões que tocam à maioria, como aconteceu na macro consulta preparando o Sínodo da Família. E agora também foi feita, em âmbito local, para a nomeação do bispo Vicário de Roma.
2.-Homens e mulheres com direitos iguais. Em teoria todos estamos de acordo na igualdade de direitos, mas na prática há muitos empecilhos e resistências. Francisco já nomeou algumas mulheres em postos importantes do Vaticano: Comunicação (porta-voz), Museus, Pontifício Conselho para a Cultura, Dicasterio dos Leigos... Onde antes havia cardeais e arcebispos, agora começam aparecer alguns leigos e, entre eles, as mulheres.

>> Sigue...


Dia 29/MAR/1549: O Pe. Manuel da Nóbrega desembarca em Salvador...

29.03.17 | 04:43. Archivado en Jesuítas

Sou água que corre entre pedras...
Este marco, na Praia do Porto da Barra, em Salvador, Bahia, foi colocado para lembrar o nascimento e fundação da cidade, 29/MAR/1549.

Com Tomé de Souza (1503-1579), primeiro Governador-geral do Brasil, chegaram os primeiros Jesuítas, liderados pelo Pe. Manuel da Nóbrega, vindos de Portugal. Essa armada reunia três naus (Salvador, Conceição e Ajuda), duas caravelas (Leoa e Rainha), um bergantim (S. Roque) e duas outras naus de comércio e que voltariam cheias de pau-brasil.

Nessas pequenas e frágeis embarcações vieram entre 500 a 1000 pessoas: soldados (130), marinheiros (90), carpinteiros, ferreiros, serradores (70), funcionários públicos, jesuítas (6) e degredados (500). Era a primeira vez que os jesuítas pisavam em terra americana.

>> Sigue...


15 obras de caridade para o tempo quaresmal...

27.03.17 | 11:45. Archivado en Liturgia

O PAPA FRANCISCO teria sugerido 15 obras de caridade para o tempo quaresmal. Ei-las:

01. Sorrir. Um cristão é sempre alegre.

02. Agradecer, quando se deve agradecer.

03. Lembrar ao outro o quanto você o ama.

04. Cumprimentar com alegria as pessoas que você vê todos os dias.

05. Ouvir a história do outro, sem julgamento, com amor.

06. Parar para ajudar. Estar atento a quem precisa de você.

>> Sigue...


JESUS É AQUELE QUE VÊ E FAZ VER... (cf. Pe. A. Palaoro SJ)

24.03.17 | 04:52. Archivado en Liturgia

Vai lavar-te na piscina de Siloé. O cego foi, lavou-se e voltou enxergando...” (Jo 9,7)

Jesus afasta-se do Templo, fugindo dos fariseus que queriam apedrejá-lo por ter dito: Eu sou a luz do mundo”. Ele vai repetir isso e demonstrá-lo com atos, dando ao cego a capacidade da visão.

Não conhecemos o nome deste cego; é um mendigo, cego de nascimento e pede esmola nas proximidades do Templo. Não tem experiência da luz, não a conhece, nunca a viu. Estava sentado, não podia caminhar nem orientar-se por si mesmo. Sua vida transcorria nas trevas.

>> Sigue...


Lunes, 24 de abril

BUSCAR

Editado por

Síguenos

Hemeroteca

Abril 2017
LMXJVSD
<<  <   >  >>
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930